terça-feira, 26 de junho de 2012

Monitoramento via IPMI

Hoje falarei sobre um tipo de monitoramento muito importante que quase nunca é abordado (ainda mais que não são muitos os privilegiados a trabalharem com hardware que têm a tecnologia IPMI disponível).

O Intelligent Platform Management Interface (IPMI) é um padrão usado para gerenciar um sistema de computador e monitorar seu funcionamento. Seu desenvolvimento foi liderado pela Intel e hoje em dia é suportado por mais de 200 fabricantes de hardware.
Seu funcionamento não depende de um Sistema Operacional, o que permite que os administradores gerenciem remotamente os recursos de hardware antes mesmo de ter iniciado o Sistema Operacional. Por exemplo, podemos monitorar via IPMI  temperaturas do sistema, voltagens, ventoinhas (FAN), fontes de alimentação, intrusão do chassi etc.



Quem quiser se aprofundar mais em IPMI, sugiro a leitura no site da Intel. Creio que os mais interessados são os Administradores de Data Center e Administradores de Sistemas críticos.

Uma interface IPMI coleta as informações utilizando sensores que são os responsáveis por disponibilizar estas informações em tempo real.

Um hardware que possui IPMI, disponibiliza um frontend WEB para gerenciamento remoto. Exemplos são: IMM, da IBM; iLO, da HP; DRAC, da Dell; Faça uma busca no Google Images para visualizar o frontend WEB desses gerenciadores.

Para demonstrar o funcionamento básico de coleta de informação de uma interface IPMI, eu utilizei um servidor IBM System x3550 M3, que tem um frontend WEB de monitoramento chamado IMM (Integrated Management Module). Este servidor possui uma placa ethernet para gerenciamento remotom na qual podemos obter informações dos sensores IPMI e essas informações podem ser visualizadas no painel do servidor ou remotamente na interface WEB.


No GNU/Linux, existe um pacote disponível chamado ipmitool. Este pacote está disponível nos repositórios da distribuição CentOS. Para outras distribuições, faça uma busca apenas com o parâmetro 'ipmi'. Utilize o YUM para instalar o pacote, pois ele é necessário para fazermos consultas dos sensores em um host que possui IPMI.
# yum install ipmitool -y
Agora, iremos testar o alvo, ou seja, enviar uma requisição para o servidor que iremos monitorar via IPMI para sabermos quais os sensores estão disponíveis para monitoramento.
# ipmitool -H <ip_interface_ipmi> -U <usuario> -P <senha> sdr
Como resultado, teremos na saída padrão os seguintes dados:


Estes são apenas alguns dos dados coletados, pois a lista é imensa e não há necessidade de exibi-las aqui. Outro comando que poderia ser executado é:

# ipmitool -H <ip_interface_ipmi> -U <usuario> -P <senha> sensor
O comando acima iria mostrar um pouco mais de detalhes, tais como: nível não crítico, nível crítico e fatal. Por exemplo: A temperatura ambiente está em 22° C. O nível não crítico seria 38º C, crítico 41° C e fatal 45° C. Esses níveis são ideais para alertar aos administradores.

Existem outras maneiras de executar o comando ipmitool para exibir as informações dos sensores de uma interface IPMI. Seu leque de opções é extenso e é possível obter informações mais detalhadas. Isso pode ser verificado consultando o manual do comando.
# man ipmitool
Vale ressaltar que o objetivo deste post foi demonstrar como consultar os sensores disponíveis para quem deseja fazer um monitoramento dos sensores IPMI através de outra forma a não ser a disponível pelo fabricante. Uma forma seria utilizando scripts (shell, perl etc) ou através de sistemas como o ZABBIX, no qual demostrarei no próximo post como monitorar uma interface IPMI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário